Em busca de recuperação no Brasileirão, o Náutico quer vencer o Coritiba para não desgarrar das primeiras colocações, mas sabe que não terá facilidades. “É um adversário perigoso, que vem de uma goleada em cima do Flamengo. Eles têm um grande treinador, experiente e que arma a equipe muito bem”, avalia o técnico Márcio Bittencourt, que substituiu Waldemar Lemos no comando do Timbu.

Segundo ele, o trabalho está no início, mas será promissor. “Tivemos a semana toda para corrigir os erros e conhecer melhor o grupo, que é ótimo”, elogiou. No entanto, ele não terá para este confronto o meia Júnior Carioca, que rescindiu o contrato, e Gladstone e Negretti, em tratamento. As dúvidas são o atacante Gilmar (que estava na mira do Atlético) e Acosta, ambos em recuperação física. Se treinarem hoje, deverão atuar.