Enquanto segue a negociação para a possível contratação do meia Ronaldinho Gaúcho, que estaria dividindo opiniões da diretoria do Coritiba, os outros reforços pretendidos pelo clube seguem com suas situações estagnadas. A diretoria alviverde aguarda para os próximos dias resolver as situações do lateral-esquerdo William Matheus, do meia Daniel e do atacante Henrique Almeida.

Segundo o diretor institucional do Coxa, Ernesto Pedroso, não houve andamento nas negociações dos três jogadores nos últimos dias. A situação mais encaminhada é do lateral-esquerdo William Matheus. “Ele não chegou ainda e estamos esperando a liberação do Toulouse para ele poder fazer os exames e assinar”, disse Pedroso, em entrevista à Tribuna.

Com o meia Daniel, que pertence ao São Paulo e que está nos planos do tricolor paulista, falta um acordo entre os dois clubes. O jogador já manifestou a vontade de defender o time coxa-branca nesta temporada, sobretudo pela chance maior de emplacar uma vaga na equipe titular do técnico Paulo César Carpegiani. A pendência está na participação dos clubes no pagamento do salário do atleta, já que o Coxa quer que o tricolor paulista pague uma parte dos vencimentos do jogador.

A situação do atacante Henrique Almeida, que no final de semana estava encaminhada, com o jogador, inclusive, sendo esperado em Foz do Iguaçu, segue também sem grandes novidades. O Grêmio já teria entrado em um acordo com os investidores do centroavante e faltavam poucos detalhes para a confirmação do atleta como novo reforço do Verdão, mas um possível interesse do Vasco pode atrapalhar a negociação. Mesmo assim, a expectativa da diretoria alviverde é de que Henrique Almeida se apresente ainda nesta semana em Foz do Iguaçu.