“Acho que o Coritiba já está fora”. A frase do atacante Walter, o personagem do empate do Coxa com o CSA em 1×1, nesta terça-feira (16), no Couto Pereira, demonstra o impacto do resultado nas chances de acesso para a primeira divisão. O time alagoano comemorou muito ao final da partida, pois garantiu o lugar no G4 e, nas próprias contas, afastou um rival da disputa. E a torcida alviverde mais uma vez escolheu o presidente Samir Namur como o culpado pela má campanha.

+ Leia mais: Coritiba empata em casa e se complica

Os quase quatro mil torcedores que foram ao Alto da Glória apoiaram o Coritiba o tempo inteiro. Mesmo jogadores antes contestados, como Alan Costa, Alecsandro e Chiquinho, foram aplaudidos durante a partida e, no caso dos dois últimos, quando foram substituídos. A postura do time animou a galera, que acreditou na vitória até os instantes finais. Mas quando o jogo foi se aproximando do desfecho, as cobranças à diretoria apareceram – e se tornaram xingamentos ao presidente com o apito final de Igor Junio Benevenuto.

Walter na maca. Foto: Reprodução/SporTV
Walter na maca. Foto: Reprodução/SporTV

+ Como foi: Veja como foi a partida no nosso Tempo Real!

Enquanto a torcida alviverde reclamava da diretoria, Walter saía satisfeito. “É um resultado importante, porque a gente tira um rival. Com esse empate, o Coxa não vai mais chegar, e isso representa muito. É um adversário a menos”, comentou o atacante, em entrevista ao repórter Anderson Luís, do SporTV. O ex-jogador do Atlético foi o personagem da partida, e agradeceu ao técnico Marcelo Cabo por ter sido escalado. “Eu ainda estou passando por uma situação complicada, e só posso dizer obrigado a ele”, comentou Walter, citando o desaparecimento do pai, que chegou a dez meses sem explicação.

+ Saiba tudo: Confira a tabela e a classificação da Série B!

Em campo, o centroavante segue alternando momentos de extrema técnica com erros bisonhos por conta da forma física. Quando deixou o gramado para ser atendido pelo médico do CSA, foi alvo de apupos da torcida do Coritiba, e ainda cumprimentou um dos maqueiros. “Disse pra ele não me derrubar porque eu ia pagar mico. Ainda mais aqui no Coxa, onde a torcida me adora”, brincou Walter.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!