A diretoria do Coritiba nega, mas a demissão do coordenador de futebol Paulo Jamelli parece estar próxima. Ontem, ele nem acompanhou a estreia alviverde na 2.ª fase do Estadual e a sensação é que o cargo ocupado pelo ex-jogador está cada vez mais esvaziado. Nos bastidores, o comentário é que ele conseguiu desagradar a jogadores e à comissão técnica ao mesmo tempo.

De acordo com o diretor de futebol Homero Halila, Jamelli pediu o final de semana para resolver problemas pessoais. “Ele pediu uma dispensa e a gente atendeu o pedido.”

Homero mostrou que a direção está apoiando Ivo Wortmann. “Ontem à noite (sábado), estivemos na concentração, jantamos com os jogadores e está tudo tranquilo”, avaliou.

Mas, se está tudo tranquilo, por que Ivo não quis entrar em detalhes? “Temos uma direção competente. Não cabe a mim falar.”

A resposta mais clara talvez seja o corte do volante Rodrigo Pontes. Também foram cortados os alas Márcio Gabriel e Vicente. Os três foram trazidos por Jamel-li, que não tem atendido aos telefonemas.