Está confirmada a primeira chapa de oposição que vai concorrer, no final deste ano, às eleições do Coritiba para o próximo triênio. Criada por um grupo de conselheiros, a chapa será encabeçada pelo ex-dirigente do Coxa, Paulo Thomaz de Aquino, que trabalhou ao lado das duas últimas diretorias do Verdão. A definição aconteceu no início da tarde desta quinta-feira (14) em um almoço entre conselheiros que vão compor esse grupo.

“Nós vamos lançar a candidatura do Paulo Thomaz de Aquino. É oficial e um grupo de conselheiros está fechado com ele”, apontou o conselheiro do Coritiba, Rui Bocchino Macedo, que confirmou que essa chapa é contrária as ideias da atual diretoria coxa-branca.

“É totalmente oposição. Sempre fomos oposição, desde o início. Fazíamos parte do grupo do Vilson (Ribeiro de Andrade). Estávamos articulando fazia algum tempo e, diante de toda conjuntura, decidimos lançar agora. Vamos começar a montagem da chapa agora, mas o Paulo Thomaz de Aquino será o candidato”, emendou.

Paulo Thomaz de Aqui é filho de Ely Thomaz de Aquino, que na década nos anos 70 e 80 foi vice-presidente do Coritiba, que tinha no comando Evangelino da Costa Neves. Foi vice-presidente quando o presidente Vilson Ribeiro de Andrade comandava o clube, mas deixou o Coxa em julho de 2014 alegando problemas pessoais.

Veja a classificação do Campeonato Brasileiro!

As inscrições das chapas acontecem até o dia 9 de novembro, exatamente um mês antes das eleições do Coritiba para o próximo triênio. A reportagem da Tribuna tentou contato com o candidato Paulo Thomaz de Aquino, mas o ex-dirigente do Coxa, apesar de confirmar a candidatura, afirmando que “não é nem de situação, nem de oposição”, não quis ainda se pronunciar oficialmente.