Depois de perder pênalti e ver o Coritiba apenas empatar com o Cianorte, o meio-campo Rafinha assumiu a responsabilidade direta e pediu desculpas pelo resultado de ontem à noite, no Albino Turbay. “Só erra quem está ali dentro para bater. Infelizmente errei. Não queria errar, mas acabei prejudicando a minha equipe, que precisava tanto dessa vitória”, lamentou.

Segundo o técnico Marcelo Oliveira, sem Marcel e Tcheco  em campo, Rafinha era o jogador mais indicado para fazer a cobrança. No entanto, um chute fraco quase no meio do gol facilitou a defesa do goleiro Fabrício. Por isso, as desculpas. “Assumo a responsabilidade de ter errado o pênalti. Não vou fugir disso. Nunca fugi e tenho certeza que vou dar muitas alegrias a essa torcida. Peço desculpas, não queria ter errado. Prejudiquei a minha equipe, mas nem sempre é só alegria que a gente vive. Tem as coisas que a gente precisa passar no futebol. Desde que cheguei no Coritiba  só tive alegrias, mas errei o pênalti e prejudiquei a minha equipe”, repetiu o jogador.

Agora, ele mesmo vê a conquista do primeiro turno bastante longe. “Vamos tentar fazer o dever de casa, ganhar o Atletiba e ver o que dá no final. Fica difícil. O Atlético abriu e mesmo perdendo para a gente ainda fica na frente. Mas no futebol tudo pode acontecer”, complementou Rafinha.