Com a sua continuação no Coritiba colocada em xeque, o presidente Samir Namur vai tentar, nesta segunda-feira (19), uma conciliação com os conselheiros que assinaram o pedido de assembleia para que ele fosse destituído da presidência do clube.

+ Leia mais: Coxa vê times com menos grana se darem bem no Brasileirão

Por isso, Namur convocou para esta segunda-feira (19), às 11h e às 19h no Espaço Belfort Duarte, no Estádio Couto Pereira, uma reunião chamada de “pauta de conciliação” com os conselheiros do Coritiba que assinaram o pedido de assembleia e, consequentemente, a sua saída do clube. A intenção é convencer esse grupo antes que o pedido seja protocolado junto ao Conselho Deliberativo do Coxa.

+ Veja também: Argel Fucks dispara contra falta de qualidade do elenco do Coxa

Essa será, na verdade, a última tentativa do presidente Samir Namur para demover os conselheiros da ideia de pedir a sua saída do Coritiba em assembleia de sócios que, depois do protocolo, terá que ser marcada em um prazo de dez dias. Ainda segundo o documento, esse cenário tem atrapalhado o andamento dos planejamento para a temporada de 2019.

+ Acompanhe: Confira a classificação da Série B

O caso mais emblemático é o da contratação do novo diretor de futebol. Rodrigo Pastana, ex-Paraná Clube, está apalavrado com o Coritiba, mas só vai assinar com o Verdão depois que toda essa crise política passar. Isso implica também na definição do novo treinador e, consequentemente, na montagem do elenco para o ano que vem.

doc_coxa

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!