O Coritiba está em uma péssima situação na tabela do campeonato Brasileiro. Atual vice-lanterna do torneio, o Verdão precisa da vitória contra o Flamengo, domingo, `as 16 horas, no Couto Pereira.

O time carioca vem de derrota para o Sport por 4 a 2 e a tendência é de um jogo aberto. O técnico René Simões, que caso acumule mais uma derrota começa a ter uma situação complicada no Verdão, tem desfalques para este jogo. Pereira, Márcio Gabriel e Marcelinho Paraíba estão suspensos e Carlinhos Paraíba está no Departamento Médico.

Mesmo com todos esse problemas, René confia em um bom resultado e na primeira vitória do Coxa no campeonato. “Vamos confiar em quem está aqui, quem vai entrar vai dar o seu máximo, vamos dar confiança pra eles”, disee. “O importante é não ter medo. Na minha vida, tudo que aconteceu comigo, às vezes que perdi, sempre foi durante o jogo. Eu não aceito perder antes do jogo”, completou.

O treinador coritibano cita a campanha de 2003 do Coxa, quando o Verdão começou muito mal, mas no fim se classificou para a Libertadores. “Se a gente lembrar em 2003, o Coritiba estava vivendo uma situação dificil e acabou indo para a Libertadores. Vamos ter calma porque crise ainda não existe”, revelou.

René quer a torcida apoiando desde o início, assim como fez no jogo contra o Internacional, na Copa do Brasil. “O Tite falou isto, que estava impressionado com a torcida. Estive no Rio de Janeiro, meus amigos todos impressionados com a torcida do Coritiba e eu disse que não estava, porque conheço bem essa torcida. Precisamos fazer essa mesma mobilização contra o Flamengo”, finalizou.