O segundo turno do Campeonato Paranaense começa hoje, com o confronto entre J.Malucelli e Paranavaí e as 12 equipes partindo do zero para tentar o título da segunda metade da competição e disputar a decisão contra o Coritiba. Entretanto, nas 11 primeiras rodadas, alguns jogadores já ganharam um merecido destaque. Por isso, o jornal Tribuna do Paraná montou a seleção do primeiro turno baseada no desempenho técnico desses atletas.

Campeão do 1.º turno, o Coritiba domina totalmente a equipe, com seis jogadores: Vanderlei, Gil, Chico, Patric, Robinho e Alex. O goleiro não teve grandes atuações e nem foi muito exigido, mas o fato de ser o camisa 1 da melhor defesa do torneio, com apenas quatro gols sofridos, fez com que ele ficasse com a posição. Melhor defesa que também foi responsável pela escalação de Chico, que se firmou como zagueiro, inclusive sendo o único a atuar nas 11 rodadas.

Já Gil, Patric, Robinho e Alex fazem parte do time pelo desempenho ofensivo. Os laterais e o camisa 10, pelo alto número de assistências até aqui – somados, são 10 passes a gol. Já Robinho ganha vaga na seleção por, além de ter tido boas atuações e ganhado vaga no time, é o vice-artilheiro do Alviverde, com 4 gols.

O Londrina, que ficou em segundo lugar, se destacou mais pela força coletiva e menos por destaques individuais. Por isso, mesmo com outros podendo fazer parte da equipe, como o lateral-esquerdo Wendell Borges e os atacantes Neílson e Wéverton, conta com apenas dois nomes nesta seleção: o volante Germano, que vem atuando mais à frente na equipe e já fez três gols no Estadual, e o meia-atacante Celsinho, que embora jogue atrás dos atacantes, como um armador, é o artilheiro do Paranaense, com 7 gols.

Atlético, J.Malucelli e Paraná fecham a seleção, com um representante de cada clube. O Furacão teve como “convocado” o volante Hernani, que aos poucos foi ganhando seu espaço no time e foi fundamental na primeira vitória do Rubro-Negro na competição, dando os passes para os dois gols no 2 x 1 sobre o Cianorte. Pelo Tricolor, Anderson, mesmo sendo zagueiro, já fez dois gols e é um dos artilheiros paranistas, ao lado de Lúcio Flávio, Néverton e Aymén, e também um dos zagueiros-artilheiro do torneio.

Fechando o time, Potita é o centroavante escolhido. O atleta do Jotinha é um dos vice-artilheiros do Estadual, com 5 gols marcados, e também um dos responsáveis pelo time ter brigado até a 9.ª rodada pelo título do primeiro turno. Para comandar a seleção, o escolhido foi o técnico Cláudio Tencati, do Londrina. Com um orçamento muito abaixo de outros times e com um elenco mais enxuto, o treinador conseguiu ajeitar o Tubarão e chegou à ultima rodada dependendo das próprias forças para recolocar um time do interior na final do Paranaense.