O Coritiba, tecnicamente, não vive um péssimo momento. Só que as quatro partidas de invencibilidade não foram suficientes para afastar o fantasma do rebaixamento. O Verdão está atolado na ZR e os resultados de domingo colocaram o time de Celso Roth na lanterna do Brasileirão. O objetivo, hoje, é deixar de lado esta maré e voltar todas as atenções para a Copa do Brasil. No jogo de amanhã – às 22h, em Marabá, frente ao Paysandu – o Coxa pode até perder por um gol de diferença, que mesmo assim avança às oitavas de final.

A situação delicada no Brasileiro contrasta com o desempenho na Copa do Brasil, onde o Coritiba não encontrou dificuldades para eliminar Cene-MS e Caldense e para abrir vantagem diante do Papão. Após vencer por 2×0 no primeiro jogo, caso marque gols, a classificação se confirma mesmo com uma derrota por dois gols de diferença. “Não será um jogo fácil. O Paysandu mostrou um time bem equilibrado no primeiro jogo, mas estamos prontos para fazer uma boa partida e definir essa classificação”, comentou Celso Roth, ainda sem dar pistas do time que joga amanhã.

No primeiro confronto com o time paraense, o treinador poupou alguns atletas. Welinton e Germano sequer foram relacionados e Alex ficou no banco de reservas. Desta vez, a tendência é que o Coritiba entre com praticamente todos os titulares. À exceção de Alex – que retornou a Curitiba logo após o empate com o Fluminense -, Roth conta com todos os demais integrantes de sua “equipe base”, inclusive Luccas Claro e Zé Love, que não atuaram no Rio, mas desde domingo à noite já estavam integrados à delegação. O apronto será hoje à tarde, no estádio Zinho de Oliveira, local do jogo de amanhã.

A definição da equipe, porém, passa pela escolha do esquema ideal de jogo. No primeiro confronto, por exemplo, Roth lançou mão de um time mais ofensivo, com Zé Love e Keirrison. A estratégia, porém, foi desfeita ainda no intervalo com a saída de Zé Love e a entrada de Elber. O treinador, a todo momento, lembra que ainda não vê Keirrison em condições de atuar em alto nível por 90 minutos. Desta forma, poderá mais uma vez escalar Zé Love no comando do ataque, mantendo o time com um trio de armadores.

Paraná Online no Google Plus

Paraná Online no Facebook