Confirmado ontem (07) como novo reforço do Coritiba para o final da temporada 2010, o meia Tcheco aproveitou o feriado para visitar o estádio Couto Pereira e ceder uma entrevista exclusiva para o coritiba.com.br.

e o Coxa cumpriu a punição no campeonato e dia 18 volta para o Couto Pereira, sua casa, pode-se dizer o mesmo do novo alteta coxa-branca, que foi revelado para o futebol nacional e internacional com a camisa do Coritiba e agora, após quase oito anos, volta pra casa para ajudar o clube na campanha de retorno à primeira divisão.

“É um clube pelo qual tenho um carinho e uma gratidão muito grande e que agora vou poder ajudar dentro de campo”, conta.

Além de rever velhos amigos no clube, Tcheco aproveitou para conhecer o Espaço 100 Anos e relembrar parte de sua história pelo Coritiba. Todos os atletas que chegam ao clube visitam o memorial e conhecem momentos marcantes da vida do Coxa, mas para o recém-chegado a visita foi um pouco diferente. Entre lembranças e descobertas, Tcheco pode conferir, ao lado do pai e do filho, a faixa que carregou em 2003 de Campeão Paranaense e a camisa que vestiu quando esteve no clube.

“Essa flâmula eu tenho”, apontou o jogador, em relação à flâmula de jogo da última temporada. “Ano passado vim para cá com o Grêmio para enfrentar o Coritiba e trocamos flâmulas. Então pedi para o pessoal do Grêmio me dar ela de presente”, explicou Tcheco, que mostra que o Alviverde sempre foi lembrado com carinho durante este tempo que esteve fora.