O técnico Jorginho criticou indiretamente o volante Hugo Moura, responsável pelo pênalti que deu o empate ao São Paulo contra o Coritiba neste domingo (4), no Couto Pereira, pela 13ª rodada do Brasileirão. 

Sem citar o atleta, o treinador lamentou que o time tenha deixado escapar a vitória com um pênalti causado por uma mão na bola em uma cobrança de falta. Reinaldo cobrou e deixou o duelo empatado por 1 a 1, resultado que persistiu até o fim da partida.

+ Veja a tabela do Brasileirão 2020

“Dói muito saber que empatamos um jogo em que tomamos um gol de pênalti com a bola na mão na nossa barreira. Nessas horas – não sei, vou ter que rever – pode dar na minha cara que não vou virar, de forma nenhuma vou sair da posição”, afirmou o ex-lateral direito.

O resultado tirou dois pontos do Coxa, que está na zona de rebaixamento do Brasileirão, com 12 pontos em 13 partidas. “Temos que recuperar. Sou sempre responsável, sou o treinador”, amenizou Jorginho, que pediu tempo para dar padrão de jogo ao Coxa.

+ Mais do Coxa

Por goleada, sócios apontam eleições do Coxa em dezembro; data segue indefinida
Coritiba acerta a venda de Igor Jesus ao futebol árabe
Vilson abre mão de candidatura para apoiar Follador


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?