Enfrentar equipes que estão lutando contra o rebaixamento na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro pode significar facilidade para alguns clubes, especialmente para os que estão brigando diretamente pelo acesso. Para o Coritiba não tem sido assim e talvez alguns tropeços contra equipes que figuram na parte debaixo da tabela possam explicar o porque de não estar melhor colocado na classificação. Por isso, todo cuidado é pouco do Alviverde para o duelo de sexta-feira (2), no Couto Pereira diante do Juventude, que está na 16ª posição, na porta da zona de rebaixamento.

+ Leia também: Após seis meses fora, Alan Costa volta, chora e emociona o grupo

Um dos jogadores mais experientes do Coxa, o zagueiro Rafael Lima sabe da dificuldade que o time terá pela frente contra a equipe gaúcha. Com duas conquistas da Série B, o defensor espera um duelo mais complicado do que foi o embate contra o Avaí, quando o Verdão venceu por 1×0 o atual quarto colocado.

“O Avaí já passou, foi bacana, valeu os três pontos. O Juventude com certeza será um jogo muito mais difícil do que foi o Avaí. Jogo futebol há 20 anos praticamente e quando enfrenta um time que está brigando para não cair, muitas vezes você corre muito mais do que quando enfrenta um time que está brigando pelo G4, como foi contra o Avaí”, explicou o defensor.

Além disso, o jogador conhece bem o adversário. Segundo ele, do outro lado estão atletas de qualidade e que devem dificultar a vida do Coritiba. Por isso, Rafael Lima não escondeu que, apesar da situação ruim do Juventude, o Verdão terá que ter alguns cuidados.

+ Mais na Tribuna: Coritiba resgata confiança e jogadores com Argel Fucks

“Vai ser um jogo muito difícil. Contra o Juventude será ainda mais do que foi contra o Avaí. Conheço alguns jogadores do lado de lá de jogar contra e favor. Com certeza será um jogo em que vai demandar muito cuidado. Mas tenho certeza que temos uma capacidade muito grande para fazer um bom jogo e conseguir um grande resultado”, emendou.

Diante do São Bento, Coritiba chegou a abrir 2x0 no Couto Pereira, mas permitiu o empate. Foto: Felipe Rosa
Diante do São Bento, Coritiba chegou a abrir 2×0 no Couto Pereira, mas permitiu o empate. Foto: Felipe Rosa

Depois de tanto oscilar na disputa da Série B, o Coritiba não pode mais tropeçar, especialmente diante de times que estão lutando na parte debaixo da classificação. Isso já aconteceu em alguns jogos e, sem dúvidas, esses resultados negativos colhidos diante dessas equipes estão fazendo a diferença na luta pelo acesso, já que a distância para o G4 atualmente é de apenas cinco pontos.

+ Relembre também: Um ano após recorde da Arena, público do futebol paranaense é vergonhoso

No primeiro turno, diante do próprio Juventude, em Caxias do Sul, o Coxa voltou para casa com um empate em 1×1, mas poderia ter conquistado mais dois pontos. Naquele compromisso, o Alviverde vencia os gaúchos até os instantes finais, mas acabou cedendo o empate aos 42 minutos do segundo tempo.

Além do Juventude, o Verdão também entregou pontos para outros times que estão lutando contra o rebaixamento. Contra o Boa Esporte, lanterna da Série B, o time apenas empatou em Minas Gerais. O Sampaio Corrêa, vice-lanterna e provável rebaixado, tirou pontos importantes do Verdão, que perdeu para a equipe maranhense fora de casa e empatou sem gols no Alto da Glória.

Confira a classificação completa da Série B

Além deles, o Coritiba também coleciona tropeços para CRB e Criciúma, quando empatou fora de casa por 1×1 e 2×2, respectivamente. Diante do São Bento, no Couto Pereira,empatou em 2×2 depois de sair vencendo por 2×0 e simboliza bem a sina de não conseguir grandes resultados contra times que estão na parte debaixo da tabela. Somente diante do Brasil de Pelotas, com duas vitórias por 1×0, é que o Coxa conseguiu a dobradinha de vitórias. Até o final da Série B, além do Juventude, o Verdão vai enfrentar também Paysandu e São Bento, ambos fora de Curitiba.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!