A caravana do Coritiba que seguiu para Goiás para acompanhar o jogo contra o Vila Nova, neste sábado (8), em Goiânia, foi alvo de um ataque na divisa entre Minas Gerais e Goiás, a quase 250 km do destino final, na madrugada deste sábado.

+ Leia mais: Coritiba encara Vila Nova buscando feito inédito

De acordo com relatos de membros da Império Alviverde, os três ônibus estavam na divisa entre os dois estados quando sofreram um ataque a tiros e bombas caseiras, vindos do meio do mato que margeia a rodovia.

+Também na Tribuna: Coxa aposta em xará de artilheiro contra o Vila

Ainda de acordo com membros da Império, nenhum torcedor foi atingido, mas o motorista de um dos ônibus fretados levou um tiro na perna, mas o ferimento não foi grave.

+ Confira: Veja como está a classificação do Coxa na tabela

Os torcedores tiveram que ficar três horas parados até a chegada da escolta da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que escoltou o grupo até o posto policial e o motorista levado ao hospital da cidade próxima. Ainda de acordo com o grupo, dez tiros atingiram os três ônibus.

A torcida Império Alviverde acredita que a ação se deve ao fato da parceira que a organizada tem com os torcedores do Goiás e repudiou o ato de violência.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!