Após o Coritiba conquistar quatro pontos fora de casa em dois jogos no interior paulista, o técnico Umberto Louzer quer ver o time, agora, fazendo sua parte também dentro do Couto Pereira. Valorizando os placares de uma vitória e um empate das últimas duas rodadas, o treinador aposta na força da equipe no Alto da Glória. O Alviverde empatou com o líder Bragantino, por 1×1, na última quinta-feira (22), e se manteve vivo na briga pela primeira colocação. Com 33 pontos, o time está apenas a dois do Massa Bruta .

O confronto com o adversário direto do topo da tabela se mostrou complicado. O Verdão saiu atrás no placar, já que Bruno Tubarão marcou aos 11 da primeira etapa. No início do segundo tempo, o Bragantino teve um jogador expulso, mas, ainda assim, o Coxa precisou trabalhar muito para fazer seu gol de empate, aos 26, com Rodrigão. O Massa Bruta também teve outra expulsão já no final da partida, mas continuou se fechando, obstruindo as criações do Alviverde. E por todas as dificuldades encontradas no embate que aconteceu na cidade de Bragança Paulista, Louzer aprovou o resultado.

+ Leia mais: Coritiba valoriza ponto suado contra o Bragantino

“É uma equipe que vem jogando muito, não à toa que é primeira colocada. Sabíamos que teria dificuldade. Temos que valorizar o fato de retornarmos com quatro pontos desta sequência fora. Agora temos que fazer a lição de casa para terminar bem o primeiro turno”, destacou. Antes do duelo com o Bragantino, o Coxa arrancou um 2×0 diante do Oeste, por isso volta pra Curitiba com uma excelente bagagem. Agora, o jogo que fechará o primeiro turno será na próxima terça-feira (27), no Couto. O adversário será o Vitória e o comandante acredita que todo o esforço de seu grupo, que soma nove jogos de invencibilidade, pode ser recompensado.

+ Confira a classificação completa da Série B!

“É valorizar, fico feliz, satisfeito e vamos fazer esse ponto valer a pena com um grande jogo contra o Vitória. Contamos com o nosso torcedor, esperamos que eles possam nos apoiar para vencermos mais uma em casa”, arrematou.