Mesmo com a vantagem adquirida pelo Coritiba no jogo de ida, quando venceu o Cascavel por 5×0, fora de casa, o técnico Pachequinho não deve poupar nenhum jogador para o duelo de volta das quartas de final do Campeonato Paranaense, nesta quarta-feira (12), às 20h, no Couto Pereira. Apesar de contar com alguns jogadores que estavam no departamento médico, o treinador alviverde deve manter a base que atuou no primeiro embate diante da Serpente, no Oeste do Estado.

A única mudança deverá ser na lateral-direita. Rodrigo Ramos está suspenso e Pachequinho já confirmou a entrada de Dodô no setor. Mesmo com a vaga encaminhada, o comandante coxa-branca garantiu que ninguém será poupado e lembrou que o Verdão precisa pontuar para garantir a melhor campanha dentre os quatro times que vão decidir as duas vagas na final do Estadual.

“Eu penso que o que precisamos é vencer o jogo, precisamos do empate talvez, porém nos dá a chance de decidir o segundo jogo em casa. Encaro o jogo com uma responsabilidade muito grande. Para atingir isso, precisamos de todos disponíveis, não vamos poupar ninguém. Se tiver uma alteração, temos dois dias para decidir. Tudo tem uma programação. O importante é saber que, independente de qual atleta for, é buscar a classificação de qualquer maneira”, cravou ele.

Para enfrentar o Cascavel, o Coritiba deve ter retornos importantes. Os zagueiros Werley e Juninho, além do atacante Henrique Almeida, liberados pelo departamento médico, estão à disposição. O trio já concluiu a fase de transição, treinou com o grupo, mas deve iniciar o duelo no banco de reservas. Já o volante Jonas está ainda realizando trabalhos específicos e não será relacionado para a partida.

Sem mistérios, Pachequinho deverá confirmar o Coritiba para enfrentar o Cascavel com Wilson; Dodô, Márcio, Walisson Maia e William Matheus; Edinho, Alan Santos, Tiago Real e Anderson; Iago e Kléber.