Uma semana depois de iniciar a pré-temporada, o Coritiba ainda busca as últimas peças para fechar o elenco. Com a prioridade ainda de contratar um meia de criação, a diretoria trabalha com alguns nomes, mas também busca ainda por um lateral-esquerdo, que pode ser William Matheus. O jogador, que defendeu o Fluminense no ano passado, é aguardado em Foz do Iguaçu e deve ser confirmado como novo reforço alviverde nos próximos dias.

O atleta, de 26 anos, se destacou no Palmeiras, em 2014 e foi contratado pelo Toulouse, da França. Na última temporada, estava emprestado para a disputa do Campeonato Brasileiro pelo Flu, onde teve atuações irregulares e acabou não renovando o empréstimo. O Coxa precisa da liberação do clube francês para fechar o empréstimo. Como o atleta tem contrato até metade deste ano com a equipe da França, em um primeiro momento o contrato deve ser de apenas seis meses.

Para o setor de criação, o meia Daniel, de 22 anos, do São Paulo, segue sendo pretendido pelo Coritiba, mas o acerto, segundo o empresário do jogador, Fernando Almeida, ainda não está próximo. “Está no estágio intermediário. Existe o interesse de ambas as partes, mas há a pendência financeira contratual, que passa pelo pagamento dos vencimentos do atleta, bem como a questão de valor estipulado para compra. Estamos nos reunindo hoje (quinta-feira) para tentar definir isso. Hoje diria que há 50%, 60% de chances‘, afirmou Almeida, em entrevista à Tribuna.

Apesar de estar nos planos do São Paulo, mas ciente das dificuldades de conseguir a titularidade no time comandado pelo técnico Rogério Ceni, Daniel, segundo o empresário, tem o interesse de defender o Coxa, especialmente com o técnico Paulo César Carpegiani no comando.

‘O jogador ficou muito feliz pelo próprio Carpegiani ter aprovado a sua contratação. O Coritiba é muito grande e você ser consultado por um clube desse tamanho deixa o jogador muito lisonjeado. Ele faz parte dos planos do São Paulo e por isso não é uma negociação tão simples‘, finalizou Almeida.

Além do meia Daniel, o Coritiba trabalha em outras frentes para reforçar seu setor de criação. Os meias Ederson, que pertence ao Flamengo, e Davi, que estava atuando no futebol chinês, também despertaram o interesse do Verdão.