A última terça-feira (16) foi daquelas de tirar o fôlego de qualquer torcedor do Coritiba. O time precisou lutar até o final para, na base da raça, derrotar o São Bento por 2×1. Só que para quem estava em campo a tensão também foi grande, principalmente para o lateral-esquerdo William Matheus, que teve um dia repleto de emoções.

Se já não bastasse o esforço que foi aquele confronto, o jogador já recebeu pela manhã a notícia de que seria pai. Sua esposa Michely estava indo para o hospital para ganhar a Júlia e ele não pensou duas vezes em ir dar apoio para a sua família.

+ Leia também: Coxa espera dificuldades contra mais um adversário que briga contra a ZR

“Na manhã do jogo, minha esposa me ligou e disse que estava sentindo contração. Ela já estava muito próxima de ganhar a nossa filha, a Júlia, e logo em seguida ela me disse que estava no hospital. Eu conversei com o Umberto (Louzer, técnico), disse que queria participar do momento, pois um filho é a coisa mais importante que a gente tem”, contou o atleta, que logo em seguida se juntou ao grupo novamente.

“Fui ao hospital, acompanhei o parto, fiquei ao lado dela e em seguida, conversando com o Zucon (Rafael, superintendente de futebol), eu disse que queria voltar para a concentração para poder jogar”, completou.

+ Mais na Tribuna: Sabe quem ganha os maiores salários do Coritiba?

Uma motivação a mais para William Matheus em campo, que foi focado em fazer um gol para homenagear sua mulher e a recém-nascida. Oportunidade, o lateral até teve, ainda no primeiro tempo, quando saiu cara a cara com o goleiro, mas não conseguiu aproveitar.

“Eu estava querendo marcar um gol para homenagear a minha esposa e a nossa filha. Mas tentei me manter concentrado o jogo inteiro e assim que acabou a partida eu fui direto para o hospital”, relembrou o jogador, que acredita que receberá o ‘perdão’ da pequena Júlia por não ter passado todo o primeiro dia dela juntos.

+ Confira a classificação completa da Série B!

“Espero que seja um ano em que o Coritiba volte para a Série A e que eu possa contar essa história para ela e que ela possa entender que saí do hospital para jogar”, brincou ele.

Porém, William Matheus não vê seu gesto de comprometimento como algo fora dos padrões do elenco do Coxa. Para o lateral, toda a equipe vem se dedicando para ajudar o Alviverde a conseguir os resultados.

“Isso foi uma demonstração de comprometimento, mas que todo o grupo tem. Só ver o que o Rafinha fez, de ficar em campo machucado e acabou nos presenteando com um lindo gol”, finalizou o atleta.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!