Ídolo do Coritiba, o goleiro Wilson desembarcou em Belo Horizonte na manhã desta terça-feira (3) para assinar contrato de empréstimo com o Atlético-MG até o final desta temporada. A expectativa até é que o arqueiro já seja titular da meta do Galo na partida contra o Botafogo, no próximo domingo, por conta da lesão do experiente Victor e da convocação do jovem Cleiton à seleção brasileira olímpica. Com a saída do jogador, o Alviverde deve economizar 1 milhão de reais em suas despesas até o final do ano.

+ Leia mais: Coritiba acerta a venda de promessa da base a clube europeu

Em entrevista coletiva também nesta terça-feira (03), no Couto Pereira, o presidente do Coritiba, Samir Namur, afirmou que o jogador saiu do Alviverde por vontade própria, pois no que dependia de toda a comissão técnica e diretoria, o camisa 1 teria permanecido no Alto da Glória. “Desde o início da gestão, o Wilson recebeu propostas de outros clubes, e nossa convicção era de que ele era um atleta muito importante. Isso não mudou pelo fato de ter ido para a reserva, ou mesmo ele tendo um alto salário. Foi a primeira proposta que o agradou e que resolveu aceitar”, detalhou o mandatário.

Samir Namur falou sobre a situação do goleiro Wilson. Foto: Jonathan Campos.
Samir Namur falou sobre a situação do goleiro Wilson. Foto: Jonathan Campos.

Namur comentou que muitas tentativas foram feitas para que o arqueiro ficasse, mas sem efeito. “Ele nos comunicou e nossa convicção foi firme de que não queríamos que ele saísse. Falei isso para ele, assim como o Umberto (Louzer) e (Rodrigo) Pastana e isso não foi suficiente, pois ele manteve a posição de que ele queria sair”, explicou.

+ TRIBUNA ESTREIA SEU PODCAST DE FUTEBOL PARANAENSE! SAIBA COMO BAIXAR E OUVIR O PODCAST DE LETRA!

A transferência do goleiro para o Atlético-MG alivia a folha salarial do Coxa, já que Wilson possuía o maior salário da equipe. O Galo irá pagar os vencimentos do atleta. “A conversa começou falando que eles iam pagar metade do salário, evoluiu para o Atlético pagar o salário e os custos integralmente. Com isso vamos economizar cerca de R$ 1 milhão. É um número significativo ”, enfatizou.

+ Confira a classificação completa da Série B!

O arqueiro já vinha negociando com o clube mineiro há algumas semanas. Ele perdeu espaço no time titular do Verdão após ter se lesionado contra o São Bento, na 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Mesmo estando à disposição do técnico Umberto Louzer, o goleiro acabou não sendo utilizado, graças ao bom momento do atual titular, Alex Muralha. Vale lembrar que o goleiro de 35 anos tem contrato com o Coritiba até o final de 2020, e voltará a fazer parte do elenco no ano que vem, ao menos que seja negociado ao término da atual temporada. No Coxa desde 2015, ele disputou 210 jogos e marcou dez gols.

 

Veja o desembarque de Wilson em Belo Horizonte (Crédito: Globo Minas)