A liderança do Coritiba nesse início de Campeonato Brasileiro se deve, e muito, à solidez de seu sistema defensivo. Com a cozinha arrumada, o Alviverde, ao longo das primeiras cinco rodadas, sofreu apenas três gols – números que o credenciam, ao lado de São Paulo e Corinthians, como o time menos vazado. A eficiência da defesa ainda foi fator-chave para a equipe garantir a ponta da tabela, até então inédita na era dos pontos corridos.

Satisfeito com a regularidade de sua equipe até aqui, o técnico Marquinhos Santos enaltece o trabalho dos homens de defesa. Entretanto, aponta que a baixa quantidade de gols sofridos é fruto da marcação aplicada ao longo dos jogos, desde os atacantes. “Eu acho que é o equilíbrio do trabalho executado. A compactação da equipe passa justamente pelo início de marcação com os atacantes, e quando você tem essa equipe coesa, tanto para atacar, mas principalmente para defender, você acaba colhendo importantes frutos. Esse é um momento ainda de início de campeonato, mas estamos fazendo com excelência”, analisa.

Nem mesmo nos anos em que amargou a Série B – competição que, em tese, apresenta um nível técnico inferior ao praticado na elite do futebol brasileiro – o Coxa  largou com uma defesa tão consistente. A campanha de 2004 é a que mais se aproxima da atual, em relação ao número de gols sofridos. Naquele ano, a equipe teve sua defesa vazada cinco vezes. Coincidentemente, em 2004, o Coxa, graças ao bom desempenho no Campeonato Brasileiro do ano anterior, disputou a Copa Libertadores, que é o grande objetivo do atual elenco na temporada.

Para chegar lá, ao longo das próximas 33 rodadas, será fundamental que a defesa continue entre as menos vazadas. Um dos responsáveis pela cozinha arrumada é o zagueiro Leandro Almeida. Autor de três gols na temporada, e empolgado com a campanha, o defensor sonha alto. Além da vaga para a competição intercontinental, garante que a equipe pensa na conquista do Campeonato Brasileiro. “A gente planejou estar nesse momento com 11 ou 12 pontos, e o objetivo foi alcançado. É importante para nos dar tranquilidade durante essa pausa, e tenho certeza que o Coritiba está firme para brigar pelo título do Brasileiro”, disse.