Atletiba na final do Paranaense 2017 é na Tribuna

Ainda jovem, mas já se destacando com a camisa do Coritiba neste início de temporada, o zagueiro Thalisson Kelven colocou uma pimenta a mais para o primeiro clássico Atletiba decisivo do Campeonato Paranaense. O defensor alviverde não escondeu que não vê a hora de acabar com a invencibilidade do Atlético na temporada e garantiu que preferiu enfrentar o Furacão na finalíssima do Estadual.

“Tem um sabor especial sim, com certeza. Eu preferi pegar o Atlético na final. Jogar um clássico. Será meu primeiro clássico em uma decisão. Vamos jogar o primeiro em casa e o segundo na Arena e acredito que vai ser bem legal”, apontou o camisa 3 do Coxa, que está recuperado de lesão e será titular no clássico.

Se por um lado o Coritiba não vem bem e precisa dar um novo rumo a partir dessa final do Campeonato Paranaense, o Atlético segue em grande fase e invicto ainda na temporada. Nada que assuste o jovem zagueiro alviverde.

“Todo ciclo tem um ponto final. Se eles ainda estão invictos, a gente sabe que na final temos que ganhar deles. Sabemos da qualidade deles, que eles tem uma boa defesa e estão fazendo um bom campeonato. Estamos treinando em cima disso para chegar e ser vitorioso”, reforçou Thalisson Kelven.

O time coxa-branca, no primeiro turno do Campeonato Paranaense, acabou perdendo para o Atlético no único clássico Atletiba realizado na temporada. O Coritiba, agora, segundo Thalisson Kelven, tirou lições importantes daquele compromisso realizado também no Couto Pereira.

“Temos que tirar várias lições. Tomamos um gol de bola parada (anotado pelo atacante Éderson). São erros que não podemos ter em campo. Fizemos algumas coisas boas também e temos que levar isso para o jogo também”, concluiu o zagueiro coxa-branca.