O zagueiro Emerson ainda não conhece todos os adversários do Coritiba pelo Paranaense e às vezes precisa de uma ajuda dos companheiros para saber o que vai encontrar pela frente. Mas na Copa do Brasil quem saiu na frente foi ele mesmo, que já enfrentou o adversário Coxa pela Copa do Brasil no ano passado.

“Ano passado tivemos um jogo lá pela Copa do Brasil, quando eu ainda estava no Avaí, e é uma equipe que precisa ter muita atenção, é bastante dificil”, avisa o atleta, que ajudou sua equipe na vitória contra o Ypiranga em 2010.

“Estamos indo lá para fazer o nosso trabalho e precisamos estar ligados para não tomar gols e também fazer, porque é um jogo muito importante”, emenda, destacando a importância da partida, já que a competição é mata-mata.

A fase que o Coritiba vive no Estadual é que ajuda, com o entrosamento do grupo e a amizade. A alegria de jogar. “É um momento e uma fase muito boa. Com certeza vamos procurar fazer nosso melhor para o ambiente continuar assim”.