A goleada sobre a Chapecoense deveria trazer um momento de calmaria para o Coritiba. Mesmo com o clube seguindo na ZR, a evolução técnica sob o comando de Marquinhos Santos se mostra cada vez mais evidente. No entanto, o dia seguinte do Verdão foi marcado pela exposição de um quadro financeiro preocupante. O atacante Zé Love utilizou as redes sociais para confirmar que o grupo convive com salários atrasados e que a situação tem afetado o dia a dia do clube. O diretor de futebol Anderson Barros admitiu atrasos, mas reprovou o caminho seguido pelo jogador.

“O departamento financeiro do clube está tentando solucionar esse problema o quanto antes. Temos um diálogo aberto com os atletas e acredito que essas questões devem ser discutidas internamente”, disse Anderson Barros. O dirigente, diante desse impasse, reuniu-se com o grupo ontem. “Procurei mostrar ao grupo que tratar desse assunto publicamente não traz nenhum benefício. Nem para os atletas nem para o clube”, comentou. “Pela forma como agimos, é sempre melhor o diálogo interno. Admitimos o atraso, mas o clube irá honrar seus compromissos”.

Zé Love vem sendo uma das principais referências ofensivas do Coritiba neste Brasileirão. Mesmo tendo marcado apenas dois gols, até aqui, é fácil sentir a empatia do atleta com o torcedor. Incomodado com a situação, ele publicou o seguinte texto no Instagram: “Hoje vim defender meus companheiros de clube. Temos vários jogadores no elenco que não recebem um salário alto pra ficarem até 3 meses sem receber sem que isso os prejudique em seus compromissos, como aluguel, prestação de carro e etc. Nós jogadores estamos comprometidos em tirar o Coritiba dessa situação em que está, mas a diretoria tem que nos ajudar fora de campo e cumprir com suas obrigações. #JuntosAteoFim”.

Anderson Barros, mesmo tendo admitido os atrasos, não estabeleceu uma data para o pagamento dos salários de julho e agosto. “Não estabelecemos data, porque um imprevisto poderia gerar uma falta de credibilidade. Não trabalhamos desta forma”, avisou o diretor de futebol coxa-branca. “O grupo foi bastante receptivo nesta conversa e não acredito que este problema venha a interferir no desempenho do time nos próximos jogos”, disse. Este ponto, aliás, foi bastante enfatizado por Zé Love e por Leandro Almeida, que também confirmou os atrasos nas redes sociais. “Parabéns ao grupo pela vitória de ontem!!! Vamos continuar com esse objetivo de tirar o Coritiba dessa situação que nós mesmos nos colocamos. Nós, jogadores e comissão, estamos focados e agora precisamos que cumpram com suas obrigações fora de campo”, escreveu o zagueiro coxa.

Paraná Online no Google Plus

Paraná Online no Facebook