A última sexta-feira (22) foi de definições para a Série A do Campeonato Brasileiro. Além de a tabela ter sido divulgada e a confirmação do árbitro de vídeo, o VAR, nas 380 partidas, os 20 clubes participantes tomaram outras decisões em relação ao regulamento. Mas o que chamou bastante atenção foi uma rejeição por parte dos participantes.

+ Tabela: Confira os jogos do Athletico no Brasileirão

Quase que por unanimidade, os times recusaram a proposta da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) de limitar a uma única vez a troca de técnicos durante a competição, historicamente bastante alta. Houve ainda a apresentação de outras quatro propostas, mais brandas, mas não se chegou a um consenso. Assim, quase todos os representantes que participaram do Conselho Técnico votaram por arquivar o projeto.

“A proposta dos treinadores não andou, e acho que foi uma medida inteligente. A minha proposta não era de ser utilizada este ano, mas seria um aspecto progressivo, para que futuramente pudesse implementar”, contou o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan.

+ Leia também: Furacão pode fechar transmissão do Brasileiro via Facebook

Para o dirigente, “o futebol brasileiro ainda não está preparado” para tal medida. “Tem que haver uma transição para isso. Tem que se preparar culturalmente o ambiente, depois pode-se fazer um ano com duas oportunidades de mudança, depois um ano com um”, sugeriu.

O secretário-geral da CBF, Walter Feldman, considerou que, apesar de o projeto ter sido rejeitado, foi “um bom debate”. “(Teve) a indicação de que isso seja amadurecido e discutido na próxima temporada”, ponderou.

Limite

O Conselho Técnico da CBF aprovou limite de inscrição de 45 jogadores por clube para o Brasileirão, com possibilidade de alteração de cinco nomes ao longo da competição – elevando, portanto, para até 50 ao total. Não há limites, porém, para uso de atletas da base (até 20 anos).

Supercopa

Outra novidade foi a criação da Supercopa do Brasil, um duelo entre o campeão do Brasileirão contra o da Copa do Brasil. A partida será realizada no dia 22 de janeiro de 2020, ainda em local indefinido, abrindo a próxima temporada do futebol brasileiro

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!