A nota enviada anteriormente continha erros no título e no terceiro parágrafo. Na realidade, o Corinthians enfrenta o Figueirense, e não a Chapecoense. Segue a versão corrigida:

Além da derrota por 4 a 0 para o São Paulo, o técnico Oswaldo de Oliveira tem outro problema para administrar até a partida contra o Figueirense, dia 16, em Florianópolis. Com as suspensões dos zagueiros Balbuena e Vilson, o treinador deverá promover a entrada do garoto Léo Santos, de 18 anos, que fará sua primeira partida como profissional.

Se Oswaldo não improvisar outro jogador no setor, a dupla de zaga deverá ser formada por Léo Santos e Pedro Henrique, que atuou diante da Chapecoense, na rodada passada, justamente porque Vilson e Balbuena estavam suspensos e o treinador decidiu poupar o defensor paraguaio. Yago, que poderia ser opção, se recupera de uma operação de hérnia e não atua mais nesta temporada.

Além dos dois zagueiros, Oswaldo provavelmente não terá também o lateral-direito Fagner e o atacante Romero diante do Figueirense. Eles foram convocados para as seleções brasileiras e paraguaias, respectivamente, e jogarão um dia antes da partida.

Caso os dois não possam atuar, Oswaldo deve escalar Léo Príncipe na lateral e Marlone mais à frente. Com dez dias de intervalo entre um jogo e outro, o Corinthians deu dois dias de folga para o elenco. Assim, eles só retornam aos treinamentos na tarde desta terça-feira, no CT Joaquim Grava.