Ciciro Back
Tyrina Rambler, de criação
e propriedade do Haras dos Girassóis, atuará na última prova de amanhã, em São Paulo, sob os cuidados de Gladston Figueiredo Santos.

O Jockey Club do Paraná atravessa uma fase crítica, sem contar com a boa vontade da entidade paulista, mas na verdade, o turfe local conta com a alta média de animais daqui que são levados para as corridas de Cidade Jardim todas as semanas.

Entre os trinta animais do turfe local que foram levados para as corridas de Cidade Jardim, destaques para Labuse, do Stud São Pedro do Rio Grande, e Dunaway, do Stud Santa Catarina, que serão apresentadas, respectivamente, por Júlio César e Jairo da Silva Borges no Grande Prêmio Barão de Piracicaba, primeira prova da Tríplice Coroa de Éguas.

Além das duas potrancas inscritas na principal corrida desta tarde, mais onze participarão das corridas de São Paulo, sob os cuidados de treinadores radicados no Tarumã.

Sábado – Like A Virgin (L.R.Feltran), do Stud Les Paxá-74; Obsceno (V.Fagundes), do Stud Sol do Sul; Palpitante (A.A.Farias), do Haras Cifra; Chico To Chic (G.Vogado), do Top Training Stud; Tylipa di Job (G.Vogado), do To Training Stud; Persian Flower (P.Nickel Filho), do Stud Gold Black; Easy Buck (J.Azevedo), do Haras Belmont; Festa Vip (P. Nickel Fulho), do Haras Xará/Mineral Park; Chance de Ouro (G.Vohado), da T.B.S; e Tyrina Rambler (G.F.Santos), do Haras dos Girassóis.

Domingo – Corvette Baby (D.Antunes), do Stud Baggiano; Escudeiro (D.Antunes), de Danile Cristina de Souza; No Secrets (D.Antunes), de Danile Cristina Souza; Talisman

Brilliant (P.Nickel), do Stud Gold Black; Deliquent Bird (J.S.Alves), do Haras São José dos Pinhais; Dado (G.Vogado), da TBS; Poison Sugar (P.Nickel Filho), do Stud Gold Black; e Prosecco (I.Oliveira), do Stud Mandrake.