A não ser por lesão, Yaya Touré, Didier Drogba, Kalou e Gervinho estarão no Brasil no ano que vem. Hoje a mais poderosa seleção africana, a Costa do Marfim garantiu neste sábado o seu passaporte para a Copa do Mundo de 2014. Em campo neutro, em Casablanca, empatou em 1 a 1 com Senegal, mas, como havia vencido por 3 a 1 o jogo de ida da última fase das Eliminatórias, estará no próximo Mundial.

Mais cedo, a Nigéria venceu a Etiópia por 2 a 0 e se colocou como primeira seleção africana classificada para a Copa do Mundo de 2014. Ainda que os nigerianos sejam os campeões continentais, é dos marfinenses o posto de melhor equipe africana no ranking mundial, aparecendo no 17º lugar – a Nigéria é 33.ª.

Senegal, 64.ª colocada no ranking, já chegou ao playoff como azarã. Dentre seus atletas, aquele cuja ausência mais será sentida no Brasil é Papiss Demba Cissé, do Newcastle. Já a Costa do Marfim tem, entre outros, Kolo Touré (Liverpool), Yaya Touré (Manchester City), Drogba (Galatasaray), Kalou (Lille) e Gervinho (Roma).

Podendo perder por um gol de diferença ou até mesmo dois, uma vez que anotasse pelo menos dois gols, a seleção de Costa do Marfim jogou neste sábado com o regulamento debaixo do braço. Acabou levando um gol, aos 32 minutos do segundo tempo, com Moussa, de pênalti.

Precisando de mais um gol, Senegal foi para a pressão e perdeu um gol aos 47 minutos do segundo tempo. Na jogada seguinte, contra-ataque fulminante, três contra um. Kalou recebeu na cara do goleiro e empatou.