Depois de a Arena da Baixada receber R$ 6.558.400,00 no dia 13 de setembro, referente a mais uma parcela do financiamento junto ao BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) agora já estão em fase de venda as cotas de potencial construtivo.

No total, são 60 mil cotas, que servem como garantia à Fomento Paraná pelo primeiro empréstimo repassado à CAP S/A, e que estão avaliadas, no total, em R$ 37 milhões, devido ao reajuste de 23,65% – baseado na tabela do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Paraná (SindusCon-PR) no período de novembro de 2010 a agosto deste ano.

Assim, cada cota passou de R$ 500, para R$ 618,27. Antes, o valor total era de R$ 30 milhões, referentes ao empréstimo da Agência de Fomentos junto ao Furacão.