Para alegria dos fotógrafos, dos goleiros, das emissoras de televisão e da própria torcida, o Couto Pereira irá ganhar melhorias no sistema de iluminação. O Coritiba ainda estuda qual a melhor opção, mas quem for ao Alto da Glória em setembro, na partida contra a Portuguesa, quando acaba a punição imposta pelo STJD, verá um estádio com mais luminosidade.

A ideia do clube é adequar o estádio aos padrões da Conmebol e oferecer a todos um visual bem melhor do que o atual. Além disso, se forem instalados novos equipamentos, o Alviverde ainda pode economizar nas futuras contas de energia elétrica. “Estamos fazendo um estudo para melhorar a iluminação. Seria uma retirada do atual sistema com a tentativa de aproveitar os mesmos tipos de luminária ou partirmos para um tipo de iluminação mais moderna”, revela Carlos Zanetti, diretor de patrimônio do Coxa.

Segundo ele, esse processo está sendo conduzido por uma empresa que atuou na Copa do Mundo da África do Sul e também está presente em alguns estádios mineiros. “A nossa ideia é voltar ao Couto Pereira com uma nova iluminação”, continua o dirigente.

O clube estima que a modernização trará economia. “Essa tecnologia que temos é muito antiga e com a troca ganharemos em termos de consumo”, completa.