Apresentamos, a seguir, a relação de animais paranaenses que venceram na Gávea e Cidade Jardim, segundo pesquisa do colega Dalton Luís Mehl Andrusko, com destaque para Craftsman, de criação de Carlos Eduardo Vaz Guimarães, que venceu o GP Cidade do Rio de Janeiro.

Gávea

Craftsman, por Dancer Man e Kris Craft (Babor), de criação de Carlos Eduardo Vaz Guimarães (Grande Prêmio Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, grupo 3); Chica Buena, por Vuarnet e Tendyra (Itajara), de criação do Haras Coruja; Valle Nevado, por Vuarnet e Ile de Revê (Grand Orient), de criação do Haras Dal-El-Salan; Bravo Zulu, por Cigano Road e Rheza (Midnight Tiger), de criação de Eloi José Queje; Patrouilleur, por Dodge e Unifrance (Ghadeer), de criação do Haras Santa Maria de Araras; Orlando Magic, por American Gipsy e Tower (Clackson), de criação do Haras Anderson; Power Marca, por Dancer Man e Marca Registrada (Danzig), de criação do Haras Pemale do Sul; Power Sound, por Shudanz e Sounds of a Champ (Bet Twice, de criação de Carlos Eduardo Vaz Guimarães; Purple Mind, por Dodge e Chaika (Robbama), de criação do Haras Anderson; e Ordway, por Jules e Glopex (Manzotti), de criação do Haras Santa Maria de Araras.

Cidade Jardim

Duke Nice, por New Colony e Flexa Carolina (Vida Mansa), de criação do Haras Nice; Dragonaço, por Parme e Dalgety Bay (Present the Collors), de criação e propriedade do Haras Santarém; Igarucu, por Baligh e Indian Art (Effervescing), de criação do Haras São José da Serra; Moon Berry, por Burooj e Galanta (Tokatee), de criação do Haras Xará.