Depois de dois empates seguidos, o Criciúma reencontrou o caminho da vitória ao derrotar o Luverdense por 2 a 1 neste sábado, no estádio Heriberto Hulse, pela 23.ª rodada da Série B. O resultado levou o time catarinense para a sétima colocação, com 34 pontos, a três de distância do G4. O Luverdense está em 15º, com 27.

O jogo começou com o Criciúma bastante desorganizado em campo e o Luverdense soube se aproveitar disso. Bem postado na defesa, o time mato-grossense não deu muitos espaço e ainda conseguiu investir no ataque com alguns chutes de fora da área de Sérgio Mota.

Depois do dez minutos iniciais, a equipe catarinense se estabilizou e passou a pressionar, com uma sequência de finalizações perigosas. Diante do crescimento do adversário, o Luverdense passou a segurar mais a bola quando a tinha nos pés e esfriou o jogo, até o momento que voltou a frequentar o campo de ataque, terminando o primeiro tempo em alta.

Na etapa complementar, o ritmo do jogo se repetiu, mas as equipes acertaram a pontaria. Quem saiu na frente foi o Criciúma, aos 13 minutos, quando Edson Borges aproveitou cobrança de falta de Silvinho e fez de cabeça.

O Luverdense conseguiu empatar com Marcos Aurélio, que tabelou com Sérgio Mota para marcar, aos 20 minutos. O time catarinense voltou a ficar na frente quando Silvinho bateu de primeira após receber de Moisés, aos 37 minutos.

O Criciúma volta a campo na próxima terça-feira para enfrentar o Juventude, às 21h30, de novo no estádio Heriberto Hulse. O Luverdense joga contra o Vila Nova-GO, às 16h30 do próximo sábado, no Serra Dourada.

FICHA TÉCNICA:

CRICIÚMA 2 X 1 LUVERDENSE

CRICIÚMA – Luiz; Diogo Mateus, Nino, Edson Borges e Diego Giaretta; Jonatan Lima, Ricardinho, Douglas Moreira (Jeferson Negueba) e João Henrique (Caio Rangel); Silvinho e Kalil (Moisés). Técnico: Luiz Carlos Winck.

LUVERDENSE – Diogo Silva; Aderlan, Pablo, William e Paulinho; Moacir (Erik e Cléo Silva), Guly e Marcos Aurélio; Rafael Ratão (Douglas Baggio), Rafael Silva e Sérgio Mota. Técnico: Júnior Rocha.

GOLS – Edson Borges, aos 14; Marcos Aurélio, aos 20; e Silvinho, aos 37 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Péricles Bassols Pegado Cortez (PE).

CARTÕES AMARELOS – Cléo Silva (Luverdense).

RENDA – R$ 61.540,00.

PÚBLICO – 3.607 pagantes.

LOCAL – Estádio Heriberto Hulse, Criciúma (SC).