Sem dar chances para o azar, o Criciúma venceu o Salgueiro por 3 a 0, nesta sexta-feira, no estádio Heriberto Hulse, em Criciúma, pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com isso, chegou aos 44 pontos, mantendo viva a esperança de ainda brigar pelo acesso. O time pernambucano, cada vez mais de volta à Série C, continua com 25 pontos, na penúltima posição.

O time catarinense vivia a pressão para se reabilitar da derrota para o Goiás por 1 a 0, na última rodada, em Goiânia, como vencer para continuar sonhando com o acesso. De outro lado, o Salgueiro, virtualmente rebaixado, entrou em campo com uma série de quatro derrotas consecutivas.

O jogo começou equilibrado, com os dois times armados no esquema 4-4-2. Mas o Criciúma, com um volante e três meias, objetivando o ataque, enquanto que o Salgueiro, com três volantes e um meio, preocupado com a marcação. Aos 12 minutos, a história começou a mudar. Schwenck fez o giro na entrada da área sobre o zagueiro Sérgio Rafael, ex-Criciúma, que chegou atrasado e cometeu o pênalti indiscutível. Na cobrança, aos 14, o próprio Schwenck deslocou o goleiro Luciano.

O visitante equilibrou as ações e criou duas chances claras de gol: em um chute forte de Josi, aos 30 minutos, e em um chute cruzado de Fabrício Cearense, aos 42. Os dois lances foram neutralizados pelo goleiro Andrey, que completou 50 jogos com a camisa do time catarinense. Valeu então o chavão de quem não faz toma. Aos 45 minutos, Schwenck chutou forte de longe e o goleiro Luciano rebateu para frente. A bola ficou nos pés de Doriva, que ajeitou e bateu forte, fazendo 2 a 0.

Tendo o jogo sob seu controle, o Criciúma cozinhou o segundo tempo. O Salgueiro ainda tentou diminuir o placar, mas quase sofreu gols nos contragolpes. O time da casa “matou” o jogo aos 30 minutos, em uma cobrança de falta de Fernando Gabriel na quina do escanteio. A bola ganhou efeito, desviou no zagueiro Alexandre e entrou. Tudo definido.

A 31.ª rodada será toda realizada na próxima terça, a partir das 20h30 (de Brasília). O Criciúma vai até Curitiba medir forças contra o Paraná, enquanto que o Salgueiro fará o duelo pernambucano contra o Sport, no Recife.

Ficha técnica

Criciúma 3 x 0 Salgueiro

Criciúma – Andrey; Fábio Santana, Rogélio, Anderson Conceição e Pirão; Henik, Mateus (Diogo Katchuba), Doriva (Fernando Gabriel) e Guilherme; Schwenck e Adeilson (Thiago Silvy). Técnico: Márcio Goiano.

Salgueiro – Luciano; Mateus (Edmar), Alexandre, Sérgio Rafael e Júlio César (Gaibu); Pio, Diego Paulista, Renê e Clébson; Josi (Ricardinho) e Fabrício Cearense. Técnico: Neco.

Gols – Schwenck (pênalti), aos 14, e Doriva, aos 45 minutos do primeiro tempo; Fernando Gabriel, aos 30 minuto do segundo tempo.

Árbitro – Alinor Silva da Paixão (MT).

Cartões amarelos – Henik, Doriva e Mateus (Criciúma); Fabrício Cearense e Diego Paulista (Salgueiro).

Cartão vermelho – Pirão (Criciúma).

Renda – R$ 55.200,00.

Público – 5.430 pagantes.

Local – Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC).