Fora da zona do rebaixamento, onde ficou nas últimas 11 rodadas, o Criciúma tem agora quatro desafios na reta final do Campeonato Brasileiro para evitar a queda para a segunda divisão, divididos em duas partidas em casa e duas fora. Neste sábado, o time catarinense visita o Coritiba, a partir das 21 horas, no Estádio Couto Pereira, na capital paranaense. Depois, ainda pega Vitória, São Paulo e Botafogo.

O Criciúma entra na 35ª rodada como 15º colocado. Mas tem os mesmos 39 pontos do Bahia, o primeiro dentro da zona de rebaixamento. Por isso, precisa ganhar do Coritiba neste sábado. Mesmo porque, o time paranaense é um concorrente direto, com 41 pontos, em 14º lugar.

“É mais um jogo decisivo. O Coritiba é um adversário que está dois pontos na nossa frente e vem de uma derrota, mas é uma equipe que tem qualidade. Temos uma disciplina tática e técnica, além de um sistema de jogo definido e é em cima disso que vamos lá fazer o resultado”, avisou o treinador Argel Fucks.

Um dos principais destaques do Criciúma, o goleiro Galatto está suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo na última partida, vitória em cima do Atlético-PR no Estádio Heriberto Hülse. Da mesma forma, o zagueiro Matheus Ferraz fica de fora do confronto deste sábado.