(Redação e www.futebolpr.com.br) – Crise e artilheiros são fatores comuns no confronto de hoje, às 16h, no Estádio Vitorino Gonçalves Dias. O anfitrião é o Londrina, que ocupa a 13.ª colocação do Paranaense e conta com Diego Silva, um dos artilheiros desta temporada (seis gols). O forasteiro é o Iraty, que está na 11.ª posição e apresenta Leandro, goleador do estadual do ano passado (18 gols).

Mesmo com Diego Silva, porém, o Londrina não vence há seis partidas (derrotou apenas o Cianorte, por 3 x 2, na segunda rodada). Quarta-feira, o alviceleste perdeu para o Roma (1 x 0), que saiu da lanterna e obteve sua primeira vitória na competição.

Leandro fez apenas um gol este ano, o do empate com a Portuguesa Londrinense (1 x 1), quarta-feira. O resultado não foi bom para o Iraty, que jogou em casa, mas serviu para revigorar o artilheiro de 2006.

Ambos têm 8 pontos em oito jogos, mas o time de Irati aparece na frente porque tem uma vitória a mais (2 a 1). A partida de hoje é vital para o técnico Roberto Fonseca, que corre risco de perder o emprego no Londrina. Mas seu colega, Gilberto Pereira, também não está tranqüilo: o Iraty não vence há três rodadas.

No Tubarão, a novidade é o zagueiro Geílson, de 23 anos, que estava no Santa Cruz-RN e chega indicado por Diego Silva, que também atuou no futebol potiguar (pelo América). Já o Azulão terá os retornos do lateral-esquerdo Ernani e do volante Almeida, que estavam suspensos.