Vamos às notas da vitória do Athletico sobre o Colo-Colo por 2×0, na noite desta quarta-feira (23), pela quarta rodada do grupo C da Copa Libertadores.

Athletico

Santos: Só foi trabalhar aos 47 do segundo tempo – 6,5.

Jonathan: Atuação segura, sem riscos na defesa e indo ao ataque com parcimônia – 6,5. Jorginho estreou para pegar ritmo – sem nota.

Thiago Heleno: Soberano na defesa, não correu riscos – 6,5.

Pedro Henrique: Comemorou o gol, mas realmente foi contra. Na zaga, foi bem – 6,5.

Márcio Azevedo: Não teve ameaças no seu setor – 6. Abner entrou no intervalo e mostrou de novo ser superior – 6,5.

Wellington: Novamente preso à marcação, esteve bem – 6,5.

Erick: Brilhou em campo, cada vez mais à vontade – 8.

Christian: Outra vez muito bem, participando da defesa e na construção ofensiva – 7,5. Léo Gomes entrou só para fechar a conta – sem nota.

Léo Cittadini: Grande atuação do meia, liderando o Athletico com inteligência e qualidade – 8. Lucho González o substituiu e nem precisou pegar muito na bola – sem nota.

Fabinho: Muita movimentação, que ajudou no controle tático do primeiro tempo – 6,5.

Pedrinho: Foi mais participativo, mas em um nível abaixo dos companheiros – 6. Geuvânio entrou e foi discreto – 5,5.

Eduardo Barros: Pode ter encontrado a forma ideal do Athletico jogar – 7,5.

+ Confira todos os posts do blog AQUI!

Colo-Colo

Um jogo ruim do time chileno, muito pela imposição tática do Furacão. Leo Valencia sucumbiu à marcação e o ataque não apareceu.