Vamos então para as notas da vitória do Athletico sobre o Goiás por 2×1, na noite desta quarta-feira (12), na Arena da Baixada, pela segunda rodada do Brasileirão.

Athletico

Santos: Não foi exigido. No pênalti, não teve chance de defender – 6,5.

Jonathan: Jogou mais na experiência, sem apoiar muito, mas eficiente nas inversões de bola – 6.

Thiago Heleno: Cometeu o pênalti – sem querer, mas foi. Atuação discreta – 5,5.

Lucas Halter: Vive bom momento. Mais uma vez jogou bem – 6,5.

Abner: Precisou de uma sequência de jogos para mostrar que pode ser titular do Athletico – 7.

Wellington: Pela forma que o Goiás jogou, teve menos trabalho de marcação – 5,5.

Fernando Canesin: Saiu com menos de 20 minutos de jogo direto para o hospital – sem nota. Léo Cittadini entrou e teve uma atuação regular – 6,5.

Marquinhos Gabriel: Mais uma vez apagado, não contribuiu nem na bola parada – 5. Richard entrou por pouco tempo – sem nota.

Nikão: Passou a ser muito mais vigiado pelos adversários. Até por isso se destacou pelos lançamentos – 6.

Vitinho: O melhor em campo, disparado. Ganhou os duelos individuais, fez um golaço e ainda deu assistência para o gol da vitória – 8,5. Geuvânio estreou, mas ficou só cinco minutos em campo – sem nota.

Vinícius Mingotti: Preso entre os zagueiros do Goiás, não conseguiu produzir – 5,5. Carlos Eduardo entrou, fez valer a lei do ex e garantiu a vitória do Athletico – 7.

+ Furacão na Libertadores? Confira os palpites do podcast De Letra!

Goiás

Destroçado com os 12 jogadores afastados por testarem positivo para covid-19, o Goiás só resistiu ao Furacão pelo bom trabalho de Ney Franco e pelas defesas de Marcelo Rangel.

+ Confira todos os posts do blog AQUI!


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?