Após os jogos desta quarta-feira (22) no Campeonato Paranaense, deu a lógica. O FC Cascavel eliminou o Rio Branco e o Cianorte virou o duelo e passou pelo Operário. Os dois melhores times do interior na competição seguem para a semifinal e esperam a decisão entre Athletico e Londrina, às 17h, e Coritiba e Paraná Clube, às 21h desta quinta (23). O mais importante a se dizer depois das partidas desta noite é que os representantes do interior são reais candidatos ao título estadual.

+ Confira o podcast De Letra com Fernando César!

Mesmo com o mata-mata, que normalmente gera alguma injustiça, Cianorte e Serpente fizeram por merecer essa chegada à semifinal. O FC Cascavel foi o segundo colocado na primeira fase, enquanto o Cianorte foi o quinto. Ambos jogando um futebol sólido, bem arrumado e confiável. É possível dizer que foram mais regulares que Furacão, Coxa e Tricolor. E por isso chegam fortalecidos na hora da onça beber água.

A força do conjunto

O FC Cascavel teve problemas difíceis de serem enfrentados durante o Campeonato Paranaense. Primeiro, perdeu seu artilheiro, Paulo Sérgio. Agora, encara os casos de covid-19 – até o presidente do clube foi infectado com o coronavírus no mês passado. Mesmo assim, o rendimento do time foi uniforme desde a primeira rodada. Mérito do elenco e principalmente do técnico Marcelo Caranhato.

+ Exclusivo: pesquisa aponta receio dos torcedores em voltar aos estádios

A organização tática da Serpente é notável – é a equipe mais ‘arrumada’ do Campeonato Paranaense. O jogo é compacto, com Adenílson como seu centro técnico e muita velocidade com Magno e Lucas Tocantins. Defensivamente também é organizado, e o resultado se vê em campo. Os jogos contra o Rio Branco precisam ter um desconto pela comovente fragilidade do Leão da Estradinha, mas o FC Cascavel fez o que lhe cabia, classificando-se com autoridade, incluindo a goleada por 5×0 desta quarta-feira.

A façanha do Campeonato Paranaense

Após vencer em casa, o Operário era franco favorito para a classificação. Mas o Cianorte realizou a grande façanha do Estadual na noite desta quarta-feira, vencendo o Fantasma por 2×0 no Germano Krüger e se classificando para a semifinal. Apesar de termos portões fechados, não é fácil vencer em Ponta Grossa – neste ano, apenas o Athletico tinha conseguido.

+ Confira todos os posts do blog AQUI!

O mérito da classificação passa pelo técnico João Busse. O Leão do Vale teve uma das melhores atuações táticas deste Paranaense, jogando com inteligência e dando liberdade para Pelezinho deitar e rolar entre as linhas de marcação do Operário. O Cianorte surpreendeu, é verdade, mas a partir de agora se credenciou para lutar pela taça.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?