Vamos às notas do Athletico na derrota por 3×2 para o Flamengo, nesta quarta-feira (4), no Maracanã, pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

Athletico

Santos: Sem culpa nos gols – 6.

Khellven: Discreto, mas sem comprometer – 5,5. Richard entrou em seu lugar aos 40 minutos – sem nota.

Pedro Henrique: Um pouco melhor que o companheiro de zaga – 5,5.

Thiago Heleno: Foi vencido por Pedro no duelo individual e falhou no segundo gol do Flamengo – 5.

Abner: Vai dando razão ao técnico do Athletico, que hoje tem Márcio Azevedo como titular – 4,5.

Wellington: Passes curtos, pouca ousadia e dificuldades na marcação – 5. Alvarado o substituiu, mas precisa de jogos inteiros na sua posição de origem – sem nota.

Erick: Um pouco mais avançado do que deve jogar, por conta das escolhas de Paulo Autuori, ainda assim provou que tem que jogar no meio. O melhor do Athletico – 7.

Lucho González: Sentiu o joelho com 15 minutos de jogo, e ainda tentou continuar, mas acabou saindo – sem nota. Ravanelli entrou e teve boa movimentação – 6,5.

Fabinho: Não teve nenhuma contribuição – 4,5. Guilherme Bissoli o substituiu, fez gol e ganhou espaço de volta – 6.

Reinaldo: Foi a melhor opção ofensiva do Furacão – 6,5.

Carlos Eduardo: Muita correria e dois bons momentos no primeiro tempo – 5,5. Christian entrou no final – sem nota.

Paulo Autuori: Escalação errada e algumas alterações inexplicáveis – 5.

+ Confira todos os posts do blog AQUI!

Flamengo

Pedro e Gerson foram os melhores em campo. Pedro é um finalizador espetacular. E Gerson manda no meio-campo. O Flamengo segue favorito em todas as competições, mas precisa ter uma defesa mais sólida para conquistar títulos.