Eis as notas do Athletico na derrota por 3×1 para o Flamengo, neste domingo (4), no Maracanã, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Athletico

Santos: Teve participações decisivas, e não teve culpa nos gols do Flamengo – 7.

Léo Gomes: Fez um bom primeiro tempo, mas cansou – 6. Wellington entrou na reta final da partida – sem nota.

Zé Ivaldo: Atuação discreta – 5,5.

Felipe Aguilar: No lance do primeiro gol adversário, perdeu no pé de ferro para Pedro – 5,5.

Abner: Bem no primeiro tempo, sofreu após a entrada de Everton Ribeiro – 6.

Alvarado: O colombiano teve uma atuação boa na primeira partida como titular – 6,5. Erick o substituiu e ficou mais na marcação – 5,5.

Richard: Teve dificuldade na marcação de Arrascaeta – 5,5. Saiu para a entrada de Christian, que pegou um momento complicado do jogo para o Athletico – 5,5.

Lucho González: Ficou sem função no meio-campo, além de não precisar ser o ‘falso 9’ – 5,5. Ravanelli entrou e não apareceu – 5.

Jorginho: Não aproveitou sua primeira partida como titular. Foi apagado – 5. Walter entrou e não teve muito tempo – sem nota.

Carlos Eduardo: Algumas boas jogadas no primeiro tempo e só – 5,5.

Renato Kayzer: Jogou bem, cumprindo bem a função de centroavante. Vai ser titular do Athletico – 7.

Eduardo Barros: Optou pela escalação de um time quase reserva que foi bem no primeiro tempo – 5,5.

Flamengo

Sobra na turma. Pedro, Bruno Henrique, Arrascaeta e Everton Ribeiro (em especial estes dois últimos) arrebentaram. Quando eles vão bem, o Flamengo é quase imbatível. Imagine com Gabigol.