Vamos às notas do Athletico na vitória por 1×0 sobre o Goiás, neste sábado (14), na Serrinha, em Goiânia, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Athletico

Santos: Praticamente não foi exigido – 6,5.

Erick: Teve dificuldades na marcação, principalmente no segundo tempo – 6.

Pedro Henrique: Bastante seguro, novamente o melhor na defesa – 7.

Thiago Heleno: Sem maiores sustos, mesmo quando o Athletico foi mais pressionado – 6,5.

Abner: Vive uma fase técnica muito ruim – 5.

Wellington: Uma atuação burocrática – 5,5. Foi substituído por Richard na reta final da partida – sem nota.

Christian: Não apareceu muito, ficando mais na função tática – 6. Saiu para a entrada de Zé Ivaldo na hora da pressão do Goiás – sem nota.

Léo Cittadini: Melhor que em outras partidas, mas ainda abaixo do que pode render – 6,5. Fernando Canesin o substituiu e apareceu pouco – 5,5.

Nikão: Apesar de ter espaço para jogar, foi menos participativo – 6

Carlos Eduardo: O melhor em campo, com velocidade e sucesso nos duelos individuais – 8. Saiu lesionado para a entrada de Reinaldo, que tentou aprontar a correria de sempre – 6.

Renato Kayzer: Teve duas chances no jogo e conferiu uma – 7.

Paulo Autuori: Soube fazer o Athletico pressionar um adversário mais fraco. Precisa repensar a improvisação de Erick – 6.

+ Confira todos os posts do blog AQUI!

Goiás

Uma equipe muito frágil, que deposita as esperanças nos centroavantes Fernandão e Rafael Moura.