Vamos às notas do Athletico na derrota por 1×0 para o Sport, neste domingo (1), na Ilha do Retiro, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Athletico

Santos: Fez duas boas defesas. No gol, nada pôde fazer – 6,5.

Erick: Como lateral tem seu jogo tolhido – 5,5.

Felipe Aguilar: Inseguro, ainda levou o azar de o chute de Thiago Neves desviar nele – 5.

Zé Ivaldo: Mesmo sem brilhar, superior ao companheiro – 6.

Márcio Azevedo: O elo mais fraco do sistema de marcação do Athletico. O gol foi em cima dele – 5. O menino João Vítor entrou na hora complicada – 5,5.

Richard: O jogo sem brilho de quase sempre – 5. Khellven o substituiu e tentou abrir opção pela direita – 5,5.

Christian: Teve alguns lampejos no primeiro tempo, mas jogou pouco diante do que pode produzir – 5,5. Wellington entrou sem qualquer razão – 5.

Léo Cittadini: Não apareceu no jogo e foi corretamente substituído – 5. Walter apareceu tarde demais – 5,5.

Reinaldo: Foi o mais perigoso dos atacantes do Athletico. Nem era o caso de sair do jogo – 6,5. Carlos Eduardo o substituiu por pouco tempo – sem nota.

Nikão: Não fez um bom jogo. Submeteu-se à marcação de Raul Prata – 5,5.

Renato Kayzer: Teve, a rigor, só uma chance, a do gol impedido – 5,5.

Bernardo Franco e Paulo Autuori: As alterações foram atrasadas ou muito ruins – 4,5.

+ Confira todos os posts do blog AQUI!

Sport

Uma equipe que joga em seu limite, como qualquer time que quer escapar do rebaixamento. O resultado é estar agora na ‘primeira página’ da classificação. Iago Maidana ganhou todas pelo alto.