Vou tentar não escrever muito, porque admito que é chato ficar falando nesses bastidores da volta do futebol paranaense. A gente quer ver jogos, claro, mas sempre pensando na saúde de todos em primeiro lugar, e ainda mais nesse momento em que os casos de covid-19 aumentam aqui no estado. Só que também não dá pra ficar essa ciranda de treina, não treina, treina e não treina.

+ Carlinhos Neves é o convidado especial do podcast De Letra!

Acima do mérito de se é certo pensar na volta do futebol paranaense, o que falta é critério e coerência para as autoridades. Se receberam um protocolo médico dos clubes e o consideraram seguro, e por isso liberaram a realização de treinos, por que suspenderam no sábado (13)? E por que recuaram na segunda (15)? E por que recuaram do recuo nesta quarta-feira (17)?

É verdade que o aumento de casos de covid-19 é preocupante, e que é difícil fazer previsões para amanhã, que dirá pra uma semana. Mas nesse ‘casa-separa’ (lembram do personagem do Jô?), não há clube que resista – principalmente os que têm menos grana. Que se decida logo: ou para por 15 dias, até a queda nos casos, ou libera com maior fiscalização. Mas que se tome uma decisão única sobre o futebol. E também, claro, pra outras atividades.

E a volta do futebol paranaense?

Sim, é muito possível que decidam pela suspensão dos treinos até sexta-feira (19). Como já escrevi, até os especialistas que defendiam a volta do futebol paranaense estão pessimistas, e concordam com a paralisação. O que, por incrível que pareça, pode dar um norte para as decisões da Federação. Voltar com o campeonato estadual no dia 18 de julho, um sábado, é hoje uma hipótese possível de acontecer. E acabaria com esse ‘casa-separa’.

Veja também:

+ Otacílio Gonçalves, 80 anos
+ Nove perguntas sobre o futuro do futebol paranaense
+ 10 grandes momentos dos nossos times no Maracanã


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?


+ Confira todos os posts do blog AQUI!