O brasileiro Cristiano da Matta, de 34 anos, teve confirmado nesta quarta-feira seu retorno ao automobilismo. Ele voltará às pistas na etapa de Laguna Seca da Grand-Am, categoria americana de turismo, no próximo dia 17 de maio, ao lado do norte-americano Jimmy Vasser.

Da Matta estava afastado das competições desde que sofreu um grave acidente durante testes da Champ Car, no dia 3 de agosto de 2006. O carro chocou-se com um cervo no circuito de Elkhart Lake, deixando o mineiro quatro semanas em coma, com lesões na cabeça.

Vasser, novo colega de equipe do brasileiro, é amigo de Da Matta desde os tempos da Cart, na década de 1990. Eles dividirão um protótipo Pontiac da equipe de Bob Stallings, atual campeã da Grand-Am.

O primeiro teste do mineiro com o novo carro aconteceu no dia 20 de março, no Texas. O retorno às pistas significa a vitória em um teste de paciência, segundo o piloto.

"Eu tive de exercitar muito a minha paciência nesse período. Passei um ano e meio esperando, esperando e esperando. Quanto à parte física, eu já estava com meu peso normal três meses depois de voltar para casa", disse Da Matta, campeão da Cart em 2002, e que disputou 28 GPs na Fórmula 1, todos pela Toyota, entre 2003 e 2004.