O Flamengo vai enfrentar a Ponte Preta neste domingo, às 16 horas, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 17.ª rodada, para tentar manter a boa fase no Campeonato Brasileiro. A equipe paulista soma 19 pontos na tabela de classificação, um a menos que o time rubro-negro, que faz do duelo uma partida de “seis pontos”.

O técnico Cristóvão Borges considera que seu time está evoluindo, mas acredita que é preciso ser mais regular. Na última rodada, o Flamengo vencia o Santos por 2 a 0, caiu de rendimento na segunda etapa e acabou cedendo o empate, o que preocupou o treinador. “Fisicamente, o time está 100%. Meu trabalho é para que joguemos sempre como no primeiro tempo da partida contra o Santos, com controle e intensidade”, afirmou.

Novamente, Cristóvão Borges fez mistério sobre a formação que deve ir a campo. O volante Jonas, que se recupera de contusão, disputa uma vaga com Marcio Araújo no meio de campo. O lateral-direito Pará também deve voltar a ser titular, deixando Ayrton no banco de reservas. Em negociação com o futebol árabe, o volante paraguaio Cáceres nem sequer foi relacionado.

O meia Alan Patrick, por sua vez, deve receber uma nova oportunidade, sendo responsável por municiar os atacantes Emerson e Guerrero. O jogador, que espera se firmar entre os titulares, ganhou sobrevida no time com a ausência do meia recém-contratado Ederson, que ainda não alcançou uma boa forma física e por isso não vai estrear contra a Ponte Preta.