Cristóvão Borges fez mistério na última atividade do Flamengo antes da partida contra o Palmeiras, na manhã deste domingo, no Allianz Parque. Na manhã deste sábado, o treinador só liberou para a imprensa o treino de bola parada, com cobranças de falta e pênaltis no CT George Helal.

Samir e Alan Patrick se destacaram nas cobranças de falta em uma metade do campo, enquanto Éderson, Ayrton, Jorge e Éverton treinavam pênaltis. O zagueiro Marcelo trabalhou com o auxiliar Jayme de Almeida.

Antes de liberar a entrada dos jornalistas, o treinador comandou treino tático para definir o posicionamento do time para o confronto com o Palmeiras. Fora da atividade, o lateral-esquerdo Armero treinou em separado com o preparador físico, enquanto Marcelo Cirino apenas correu ao redor do gramado.

Com 23 pontos, na 12ª colocação da tabela, o time carioca busca a vitória fora de casa no domingo para seguir se afastando da zona de rebaixamento e começar a sonhar com o G4. Já o Palmeiras, com 28, em 8º, quer encerrar a sequência de três derrotas seguidas no Brasileirão.