A diretoria do Cruzeiro apresentou nesta segunda-feira o zagueiro Emilson Cribari, brasileiro que fez carreira na Itália. Aos 31 anos, o jogador prometeu comprometimento em sua volta ao Brasil e se colocou à disposição do técnico Joel Santana, apesar do cansaço, após o fim da temporada europeia.

“Pelo caráter que eu tenho e o espírito de sacrifício que sempre tive, se o Joel pedir, dificilmente eu direi não. Logicamente, eu venho de um período de férias e preciso fazer ao menos um mínimo de período de preparação física”, declarou o novo reforço cruzeirense.

“Com certeza eu vou começar a trabalhar agora, meu lado profissional é o que mais me importa. Minha seriedade, meu comprometimento e respeito pela camisa que estou vestindo. Vou precisar de um tempo para adaptação, mas empenho e a camisa suada em todos os jogos, isso não vai faltar”, prometeu o zagueiro, com passagens por Napoli, Udinese e Lazio.

Desconhecido do público brasileiro, Cribari enumerou suas qualidades à torcida local. “Eu me considero um zagueiro moderno, que joga limpo. Gosto de jogar na antecipação, muito forte no jogo aéreo, ótima qualidade na saída de bola e com certeza atento na marcação. Mas só em campo vamos demonstrar para a torcida, porque sei que meu nome ainda é desconhecido por aqui”, disse o atleta, que se transferiu para a Itália aos 18 anos.

SAÍDA – Enquanto Cribari desembarca no Cruzeiro, o atacante Anderson Lessa deixa o clube, em direção ao Avaí. Pouco aproveitado no time, o jogador foi emprestado por um ano. Lessa marcou dois gols em quatro jogos disputados com a camisa cruzeirense, todos no Estadual de 2010.