O Cruzeiro manteve a tranquila vantagem na liderança isolada do Campeonato Brasileiro ao virar o jogo e vencer o Goiás por 2 a 1, nesta quarta-feira, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 20.ª rodada – a primeira do returno. Com o resultado, o time mineiro subiu para 43 pontos. Já a equipe goiana permanece com 26 pontos, em posição intermediária na tabela de classificação.

No jogo, sem Walter – o atacante, lesionado, assistiu ao jogo das cadeiras do estádio -, o Goiás apertou na marcação, reduziu espaços no meio de campo e conseguiu abrir brechas na zaga adversária. Na melhor jogada ofensiva, abriu o placar. Aos 27 minutos, o meia Hugo levantou da direita e Ramon escorou para Renan Oliveira, que marcou de cabeça.

A reação do Cruzeiro não demorou e, aos 38 minutos, obteve o empate. No meio de campo, Valmir Lucas vacilou na saída de bola e perdeu a bola para Alisson, que lançou William para bater no canto direito de Renan. “Vendo o jogo daqui dá vontade de jogar”, disse o atacante Walter, que volta na próxima rodada. “Mas o Goiás tem um bom grupo e vai sair com a vitória”, comentou.

Na etapa final, o Goiás avançou o meio de campo, dominou o jogo, mas perdeu as suas melhores chances de marcar. Para complicar, tomou um contra-ataque fulminante. Aos 26 minutos, Dagoberto lançou William, que bateu e acertou o canto direito de Renan para marcar 2 a 1.

O resultado adverso gerou, para o Goiás, uma enorme pressão da torcida sobre os jogadores e o time perdeu o jogo e sua invencibilidade de 41 jogos no estádio Serra Dourada.

Na 21.ª rodada, o Cruzeiro recebe o Atlético Paranaense, neste sábado, às 18h30, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. O Goiás enfrenta o Corinthians, no domingo, às 16 horas, no estádio do Pacaembu, em São Paulo.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 1 x 2 CRUZEIRO

GOIÁS – Renan; Vitor, Rodrigo, Valmir Lucas e William Matheus; David, Thiago Mendes, Hugo (Araújo), Ramon (Tartá) e Renan Oliveira; Neto Baiano (Júnior Viçosa). Técnico: Enderson Moreira.

CRUZEIRO – Fábio; Ceará (Mayke), Bruno Rodrigo, Dedé e Egídio; Lucas Silva, Nilton, Everton Ribeiro, Alisson e Ricardo Goulart (Dagoberto); William. Técnico: Marcelo Oliveira.

GOLS – Renan Oliveira, aos 27, e William, aos 38 minutos do primeiro tempo; William, aos 26 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Thiago Mendes (Goiás); Nilton (Cruzeiro).

ÁRBITRO – Péricles Bassols Pegado Cortez (Fifa/RJ).

RENDA – R$ 230.580,00.

PÚBLICO – 10.786 pagantes.

LOCAL – Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).