O Cruzeiro cumpriu o favoritismo nesta quarta-feira e se garantiu na decisão do Campeonato Mineiro. Após golear o Villa Nova por 4 a 0 no jogo de ida da semifinal, fora de casa, o time do técnico Marcelo Oliveira venceu o rival por 1 a 0, mesmo sem contar com alguns titulares, no Mineirão.

A segunda vitória confirmou a aguardada final entre os dois principais times do estado. A decisão também será definida em duas partidas. A primeira será disputada já no próximo domingo, no Estádio Independência. A volta está marcada para o dia 19, no Mineirão. Por ter feito melhor campanha, o Cruzeiro tem vantagem de jogar por dois resultados iguais.

Foi por causa da proximidade da final que Marcelo Oliveira mandou a campo nesta noite um time misto. Dagoberto, Everton Ribeiro, Nilton, Ceará, Leo, Everton e Fábio ganharam descanso em razão da ampla vantagem cruzeirense. O Villa Nova precisava vencer por cinco gols de diferença, fora de casa, para sonhar com a final.

Com esta folga, o Cruzeiro teve um início de jogo lento. Sem muitos titulares, mostrou seguidos erros de passe e falta de entrosamento. Mesmo assim, chegou a balançar as redes, em cabeçada de Diego Souza. O lance, porém, foi anulado por impedimento. A falta de brilho no ataque não assustava a torcida porque o Villa Nova não chegava a ameaçar a defesa local.

O segundo tempo foi mais agitado para os dois lados. O time visitante ensaiou uma reação, ainda que tímida, mas acabou levando um balde de água fria com o belo gol de falta marcado por Egídio, aos 24 minutos. O gol matou qualquer reação do Villa Nova e antecipou a vitória cruzeirense.

Eliminado, o time do interior se consola com a vaga garantida na próxima edição da Copa do Brasil e a classificação para disputar a Série D do Campeonato Brasileiro deste ano.