Belo Horizonte – Com um gol do atacante Fred no final, o Cruzeiro venceu o Goiás por 3 a 2, ontem, no Mineirão, e passou para as oitavas-de-final da Copa Sul-Americana. O primeiro jogo entre os dois times, em Goiânia, havia terminado empatado em 2 a 2.

Com o resultado, o Cruzeiro acabou com um jejum e voltou a vencer uma partida no Mineirão após 41 dias. Agora, enfrenta o Internacional, que ontem, mesmo perdendo para o Grêmio por 2 a 1, garantiu a vaga.

O gol relâmpago do atacante Alex Dias para o Goiás, aos 22 segundos, foi uma amostra de como seria o primeiro tempo, com os dois times no ataque. Na primeira jogada do time goiano, o artilheiro do Campeonato Brasilerio invadiu a área e, mostrando inteligência, tocou entre a trave e o goleiro Artur, fazendo 1 a 0.

A resposta cruzeirense não demorou e, aos 6 minutos, o atacante Jussiê empatou,

após uma saída errada do goleiro Harlei. Cinco minutos depois, o argentino Sorín virou para o time da casa, ao concluir um cruzamento rasteiro de Jussiê.

A equipe mineira ainda teve duas grande chances de ampliar na etapa inicial: primeiro com Sorín, aos 24 minutos, e depois nos pés de Fred, aos 41. Mas a bola bateu na trave do gol adversário.

O time do técnico Celso Roth voltou melhor para o segundo tempo, mas não conseguia superar a marcação do Cruzeiro, que administrava bem a vantagem e ainda levava perigo ao gol de Harlei nos contra-ataques.

Aos 36 minutos, porém, o meia Rodrigo Tabata chutou rasteiro da entrada da área. A bola ainda bateu na trave direita do gol de Artur antes de entrar: 2 a 2.

Quando parecia que a vaga seria decidida mesmo nos pênaltis, brilhou a estrela de Fred. O jogador, preferido pela torcida para ocupar a vaga de titular do ataque cruzeirense, acabou sendo escolhido para começar a partida pelo técnico Marco Aurélio, que tinha também a opção de Guilherme.

O treinador, com certeza, não se arrependeu. Aos 41 minutos, Fred dominou a bola na entrada da área e acertou um chute forte, sem chances para Harlei. Gol que valeu a classificação para o Cruzeiro.

Ficha técnica:
Gols:

Alex Dias, aos 22 segundos; Jussiê, aos 06, e Sorín, aos 11 do 1.º tempo. Rodrigo Tabata, aos 36, e Fred, aos 41 do 2.º tempo.
Cruzeiro: Artur; Alessandro, Marcelo Batatais, Gladstone e Sorín; Maldonado, Augusto Recife, Wendell (Bruno Quadros) e Sandro (Márcio); Fred e Jussiê. Técnico: Marco Aurélio.
Goiás: Harlei; André Dias, Renato, Cléber e Paulo Baier; Josué, Danilo Portugal (Douglas), Rodrigo Tabata e Leandro Smith (Jorge Mutt); Alex Dias e Leandro (Gustavo). Técnico: Celso Roth.
Renda: R$ 35.846,00. Público: 18.367 pagantes.