Depois de quatro anos, o Mineirão voltará a ficar divido entre as torcidas de Atlético Mineiro e Cruzeiro. Os clubes confirmaram que o clássico entre os rivais mineiros pela Primeira Liga, marcado para 1º de fevereiro, terá a carga de ingressos dividida ao meio entre as duas equipes.

O fato, que era usual em décadas recentes, não ocorre no clássico mineiro desde fevereiro de 2013, quando os times se enfrentaram na reinauguração do Mineirão, reformado para receber partidas da Copa do Mundo de 2014, e acabou sendo vencido pelo Cruzeiro por 2 a 1.

Depois disso, Atlético-MG e Cruzeiro se enfrentaram diversas vezes, incluindo a decisão da Copa do Brasil de 2014, mas nunca mais com o estádio dividido. Geralmente, o clube visitante ficava com uma carga de no máximo 10% dos ingressos, mas em algumas oportunidades, nem houve a presença de torcedores de uma das equipes.

Os detalhes da venda dos ingressos ainda não foram revelados pelos clubes – o Cruzeiro é o mandante -, mas já é certo que a renda será dividida entre as duas equipes. A decisão, aliás, permite que o Atlético-MG faça dois jogos na fase de grupos da Primeira Liga com a presença maciça do seu torcedor em Belo Horizonte – o time receberá o Joinville e visitará a Chapecoense, enquanto o Cruzeiro vai fazer o contrário.

Antes de se enfrentarem pela Primeira Liga, Cruzeiro e Atlético vão estrear no Campeonato Mineiro. O Atlético duelará em 28 de janeiro com o América de Teófilo Otoni no Independência. No dia seguinte, o Cruzeiro vai enfrentar o Villa Nova no Mineirão.